728x90 AdSpace

Recentes

A última viagem de Hudson Taylor, o pioneiro no interior da China



Em abril de 1905, com 73 anos, Hudson Taylor faz a sua última viagem à China. Sua esposa Jennie havia falecido, e ele tinha passado o inverno na Suécia. Seu filho Howard, que era médico, juntamente com sua esposa, decidiram acompanhar Hudson nesta viagem.

Ao chegar em Xangai, ele visita o cemitério de Yangchow, onde sua esposa Maria e quatro de seus filhos foram sepultados, durante o seu trabalho naquele grande país.

 Após haver percorrido todos as missões estabelecidas pela sua pessoa, Hudson Taylor, estabelecido agora na cidade de Changsa, deitou-se numa tarde de 1905 para descansar, e deste sono acordou nas mansões celestiais.

A voz que cinquenta e dois anos atrás havia dito a Hudson Taylor: “Vai à China”, agora estava dizendo: “Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco fostes fiel, sobre muito te colocarei; ENTRA NO GOZO DO TEU SENHOR!”


    Hudson cercado de irmãos

    Hudson, família e missionários

  Sepultamento em 1905-China

Que final maravilhoso! Retornou ao campo e contemplou a bendita herança deixada pelo Evangelho de Cristo e depois descansou eternamente no Senhor.

Infelizmente muitos obreiros hoje, não podem nem voltar ao lugar onde estiveram servindo ao Senhor, pelas loucuras e pelo mau testemunho.

Que Deus levante obreiros como Hudson Taylor em nossa pátria brasileira, que tenham um único alvo - almas para o Reino de Deus,  e não poder, fama, dinheiro e status.

Que o Senhor nos ajude!
  • Blogger Comentários
  • Facebook Comentários

0 comentários :

Item Reviewed: A última viagem de Hudson Taylor, o pioneiro no interior da China Rating: 5 Reviewed By: Pr. Antonio Romero Filho