728x90 AdSpace

Recentes

Racismo, anti-semitismo, anti-cristianismo e homofobia ...qual é o pior?








Em um discurso de 1998, a autora, ativista e líder dos direitos civis, Coretta Scott King, declarou: "A homofobia é como o racismo, o anti-semitismo e outras formas de intolerância na medida em que procura desumanizar um grande grupo de pessoas, negar a sua humanidade, dignidade e personalidade".

Racismo

A luta do povo negro no Brasil, por uma sociedade sem discriminação, sem preconceito e sem racismo, provocou a formulação da Lei no 7.716, de 5/1/89. O vigor dessa lei vem comprovar a existência de práticas discriminatória no Brasil. As leis de caráter restritivo são feitas para coibir comportamentos nocivos!


Temos acompanhando pelo rádio, pelos jornais, pela televisão, por revistas, e até mesmo presenciamos casos caracterizados como crime de racismo e conseqüentemente a aplicação da lei. É verdade que muitas vezes ocorre a descacterização do crime total.

Sentimos, diante da possibilidade de alguém ser atuado como criminoso racista, a perplexidade do povo diante de qual posição a ser adotada para identificar uma pessoa negra, ou melhor, qual é o vocábulo apropriado. Está se tornando comum a pergunta: - Se alguém é negro, não podemos dizer que ele é negro? A resposta deve ser: pode. A dúvida persiste, e vem a interrogação: - Mas não é crime chamar alguém de negro? E, categoricamente, a resposta deve ser: não.

O que deve ser percebido é que, identificar um branco ou um negro enquanto cidadão é uma coisa; a outra coisa é identificá-los desqualificando-o, humilhando-o. Se, por exemplo, uma jornalista obteve uma informação de que há numa determinada escola uma professora negra, inclusive a única negra da escola, que trabalhou na aula com um texto sobre a revolta da Chibata e a jornalista quer fazer uma matéria sobre o assunto, mas não sabe o nome da professora, ela então pode orientar-se por essa identificação.

Homofobia

Homofobia (homo, pseudoprefixo de homossexual, fobia do grego φόβος "medo", "aversão irreprimível") é uma série de atitudes e sentimentos negativos em relação a lésbicas, gays, bissexuais e, em alguns casos, contra transgêneros e pessoas intersexuais.
     
As definições referem-se variavelmente a antipatia, desprezo, preconceito, aversão e medo irracional. A homofobia é observada como um comportamento crítico e hostil, assim como a discriminação e a violência com base em uma percepção de orientação não-heterossexual.     
                                                    
Anti-semitismo

Anti-semitismo é o preconceito ou hostilidade contra judeus baseada em ódio contra seu histórico étnico, cultural ou religioso. Em sua forma mais extrema, "atribui aos judeus uma posição excepcional entre todas as outras civilizações, difamando-os como um grupo inferior e negando que eles sejam parte da(s) nação(ões) em que residem".  A pessoa que defende este ponto de vista é chamada de "antissemita".


O antissemitismo é manifestado de diversas formas, indo de expressões individuais de ódio e discriminação contra indivíduos judeus a violentos ataques organizados, políticas públicas ou ataques militares contra comunidades judaicas. Entre os casos extremos de perseguição estão a Primeira Cruzada de 1096, a expulsão da Inglaterra em 1290, a Inquisição Espanhola, a expulsão da Espanha em 1492, a expulsão de Portugal em 1497, diversos pogroms, o Caso Dreyfus e, provavelmente o mais infame, o Holocausto perpretado pela Alemanha Nazista.

Embora a etimologia possa sugerir que o antissemitismo é direcionado a todos os povos semitas, o termo foi criado no final do século XIX na Alemanha como uma alternativa estilisticamente científica para Judenhass ("Aversão a judeus"), sendo utilizada amplamente desde então

Em um discurso de 1998, a autora, ativista e líder dos direitos civis, Coretta Scott King, declarou: "A homofobia é como o racismo, o anti-semitismo e outras formas de intolerância na medida em que procura desumanizar um grande grupo de pessoas, negar a sua humanidade, dignidade e personalidade."

Se o racismo, o anti-semitismo e o homofobia estão no mesmo plano de gravidade, por que então os países que aprovam as leis estão dando mais ênfase e severidade para a homofobia? O racismo continua, o anti-semitismo também e pouca importância deram,  mas para a homofobia toda a atenção é pouca.

Anticristianismo

Até o momento não foi elaborada e aprovada pelas nossas autoridades mundiais  nenhuma lei severa para punir o anticristianismo. Milhares de cristão foram e estão sendo perseguidos em todo mundo. A intolerância anti-cristã começou logo nos primórdios da igreja primitiva alastrou-se pelo império romano onde milhares morreram de forma horrível só porque eram cristãos. A inquisição foi outra aberração histórica religiosa, numa só noite na França mataram mais de 70.000 protestantes.

Atualmente matam e torturam cristãos em países como a Coreia do Norte, China, Cuba, Paquistão e muitos outros. No Brasil quando aqui chegaram os primeiros protestantes holandeses, franceses eles foram perseguidos mortos e expulsos do Brasil. Muitos cristãos  no inicio da obra evangélica no Brasil, foram apedrejados, desprezados, considerados a escória da sociedade e não lhes davam trabalho.

Onde estão as leis para defenderem homens,  mulheres e crianças do anti-cristianismo? De acordo com estatísticas verazes  já morreram martirizados mais de 100.000 cristão em poucos anos em várias partes do mundo. No Brasil não matam fisicamente, mas as leis aprovadas contra o povo evangélico estão tentando "matar a nossa liberdade religiosa, para afogar, calar" e  parar com as atividades e o crescimento da igreja em nosso país.

Em um discurso de 1998, a autora, ativista e líder dos direitos civis, Coretta Scott King, declarou: "A homofobia é como o racismo, o anti-semitismo e outras formas de intolerância na medida em que procura desumanizar um grande grupo de pessoas, negar a sua humanidade, dignidade e personalidade"  mas nada, nada de mencionar o mais grave de todos: o anti-cristianismo.

Pr. Antonio Romero Filho










  • Blogger Comentários
  • Facebook Comentários

0 comentários :

Item Reviewed: Racismo, anti-semitismo, anti-cristianismo e homofobia ...qual é o pior? Rating: 5 Reviewed By: Pr. Antonio Romero Filho