728x90 AdSpace

Recentes

A eficácia do sangue de Cristo

 


Para compreendermos a eficácia do sangue de Cristo, é mister aprender um pouco sobre a importância do sangue no corpo humano:

 "O sangue executa tantas funções que, sem ele, de nada valeria a complexa organização do corpo humano."

Nos animais ditos superiores, existem dois principais sistemas de coordenação: o nervoso, que controla e comanda todo o organismo, e o sistema endócrino, que engloba todas as glândulas internas que fabricam substâncias (hormônios) necessários ao corpo, coordenando seu funcionamento.

O sistema nervoso funciona de forma independente, porque através de suas ramificações alcança todos os tecidos do corpo. Já o sistema endócrino precisa do sangue para liberar, transportar e distribuir seus hormônios por todo o organismo.    

O sangue funciona portanto como um eficiente sistema de transporte de centenas de substâncias que são essenciais ao funcionamento do organismo humano.

 É através da circulação sangüínea que as inúmeras células do organismo, em todos os tecidos, recebem sua alimentação, representada por componentes de proteínas, açúcar, gordura, água e sais minerais. Também é o sangue que, retornando dos tecidos, conduz o gás carbônico e os resíduos das células do corpo, eliminando-as através da respiração, do suor, da urina e das fezes.

Além disso, praticamente todo o sistema de defesa do organismo contra doenças e os ataques de germes patogênicos está concentrado no sangue. O controle da temperatura do corpo, o equilíbrio da distribuição de água e o processo de absorção celular também estão diretamente ligados ao sangue.

Sangue

 O oxigênio é levado às células pelo sangue, por meio das moléculas de hemoglobina existentes nos glóbulos vermelhos.

Setenta por cento do corpo humano é constituído de água. O sangue é o principal distribuidor desta água, nas quantidades necessárias a cada atividade orgânica. Além de distribuir, o sangue concorre para a eliminação dos excessos.

 A troca de água do sangue para os tecidos, e vice-versa, é feita principalmente através de um fenômeno denominado difusão osmótica. Trata-se de um processo físico que ocorre entre dois líquidos separados entre si por uma membrana permeável.

Quando em um deles existem mais substâncias que no outro, a tendência é formar-se uma pressão maior do lado mais abundante em substâncias (potencial osmótico), de maneira que haja uma troca, através da membrana divisória, de líquido mais concentrado e menos concentrado, até se estabelecer o equilíbrio. Isto é, até que ambos os líquidos contenham número idêntico de substâncias. É neste movimento contínuo que se fazem a alimentação, a respiração e a excreção celulares.

 De maneira idêntica, o sangue regula o teor de acidez das células, controlando substâncias químicas simples que elas contém, tais como sais, bicarbonato, uréia e outras.

Por meio dessas funções, o sangue mantém constantes as condições internas do corpo (homeostasia). Os médicos se servem da circulação para controlar artificialmente várias alterações orgânicas, seja retirando ou administrando drogas como solução de cloreto de sódio, lactato de sódio, gluconato de cálcio e outras que são injetadas numa tentativa de corrigir e equilibrar o meio orgânico.

 O sangue participa até mesmo do controle da temperatura do corpo, eliminando o calor excessivo através de um "desvio" do sangue aquecido às regiões mais superficiais, próximas à pele, onde o calor é eliminado pela irradiação direta, através da pele e da transpiração.

 O sangue ganha importância especial na defesa da integridade do organismo. Estão concentrados nele os principais meios de defesa contra o ataque de agentes externos. Os leucócitos, ou glóbulos brancos são os principais agentes deste mecanismo. Substâncias altamente especializadas denominadas anticorpos são produzidas pelos linfócitos em resposta a invasão de substâncias estranhas ou microorganismos patogênicos.

Encarregado de tantas e variadas atribuições o sangue é uma variedade de tecido conjuntivo e pode ser considerado o único tecido líquido do corpo.

(Portal S. Francisco)


A eficácia do sangue de Cristo


a) - O sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo pecado. O seu sangue nos resgatou para a incorruptibilidade. Sem o derramamento de sangue não há remissão de pecados.


 b) - o sangue de Cristo nos redimiu da lei. Antes, éramos escravos dela, estávamos sob a lei. Agora estamos debaixo do sangue de Cristo. Não tememos mais a lei, suas sanções não são proferidos contra nós mais.     


                                                                            
c) - O valor do sangue de Cristo está principalmente em sua expiação eficaz. Cristo veio ao mundo e foi punido em lugar de seu povo. 


                                                              
d) - O sangue de Cristo também tem poder de preservação. 



e) - O sangue de Cristo é precioso por causa de sua influência comovedora no coração humano. O empedernimento do coração do homem acaba quando encontra o sangue de Cristo.     


                                                                                                                  
f) -  O sangue de Cristo ainda pacifica e influência a santificação do cristão; dar acesso ao Pai; tem o poder confirmador (porque ratifica a nova aliança).  


                                      
g) - O sangue de Cristo tem poder vencedor porque: “eles venceram por causa do sangue do cordeiro” (Apoc. 12.11): “Lei e terrores apenas endurecem, enquanto operam sozinhos, mas um senso de perdão comprado por sangue logo dissolve o empedernido coração”. 


h) - O sangue de Cristo conduz o poder renovador do Espírito Santo a todas as células do Corpo que é a Igreja tornando-a forte, saudavel e imune das doenças pecaminosas deste mundo.


i) - O sangue de Cristo, também determina e controla o calor e a temperatura do Corpo, e leva a "água" (a Palavra) evitando excessos nos seus membros.


Enfim, Se a igreja, qualquer cristão, pregador ou ministério que deixe de anunciar o sangue de Cristo não pode ser considerado bíblico, pois o seu sangue é indispensável ao perdão dos pecados e à saúde espiritual do Corpo de Cristo.



Pr. Romero

  • Blogger Comentários
  • Facebook Comentários

0 comentários :

Item Reviewed: A eficácia do sangue de Cristo Rating: 5 Reviewed By: Pr. Antonio Romero Filho