728x90 AdSpace

Recentes

Carta aberta ao pastor Samuel Câmara e ao pastor José W. Bezerra da Costa




Amados pastores, sou membro do Corpo de Cristo e faço parte desta abençoada denominação, as Assembleias de Deus,  há 35 anos, e sinto-me honrado por Deus por participar das comemorações dos 100 anos  de  conquistas e vitórias das Assembleias de Deus no Brasil.

Aqui traço um resumido histórico de meu ministério junto à minha família. Minha conversão deu-se do ano de 1975 em Taubaté - SP. Sou membro do Ministério de Taubaté, presidido pelo pastor José Ezequiel da Silva. Em 1981, partimos com a família para iniciar um trabalho transcultural pioneiro no Sul da Argentina - Patagônia. Depois em 1989, fomos para o Sul da China e em 1995 Deus nos conduziu para a Europa, onde iniciamos pela graça do Senhor obras em Portugal, Espanha. Realizamos obra de evangelismo na Itália e Marrocos Norte da África.

Atualmente pela graça de Deus estou pastoreando  a Assembleia de Deus em São Lourenço, Sul das Minas Gerais onde chegamos no ano de 2001. Em 2002 Deus nos proporcionou a bênção de fundarmos o Centro Internacional de Missões - CIM,  em São Lourenço, onde já estudaram mais de 500 alunos, sendo que muitos deles estão no exterior e outros estão no nosso país realizando a obra de Deus.

Eu e minha família nos consideramos  parte  da história das Assembleias de Deus como outros milhares de assembleanos, e estamos tendo o privilégio de participarmos dos 100 anos das Assembleias de Deus. Fato importante e histórico pois o Pentecostes chegou no Brasil através de nossos queridos missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren em 1910.

Mas o que me entristece e me preocupa e acredito que seja também o sentimento de milhares de assembleanos é que a nossa festa está perdendo o seu brilho e a sua pureza espiritual, por causa de nossos dois abençoados lideres brasileiros que estão divididos e parece até que estão se comportando como dois inimigos mortais, pelo menos esta é a imagem que temos vislumbrado dos senhores.

Na verdade esta é a mais triste página da história de nossa denominação durante seus 100 anos de atividades, pois tanto o pastor Samuel Câmara e o pastor José W. Bezerra da Costa, não estão discernindo que estão causando um tremendo estrago no seio de nossa denominação? Onde está o exemplo dos senhores,  concernente à humildade, comunhão, unidade, liderança pois todo líder torna-se um referencial para os liderados, e isto não está acontecendo na vida de meus amados pastores.

Na minha opinião ésta é a pior crise que as Assembleia de Deus está enfrentando desde que nossos amados pioneiros fundaram na direção do Espírito Santo a nossa denominação no Brasil.

A "grande casa está dividida", os liderados do pastor Samuel Câmara e os liderados do pastor José W. Bezerra da Costa estão divididos. As opiniões estão divididas. As visões estão divididas, a festa está dividida, enfim tudo isso está cheirando mal e tudo indica que se nossos dois lideres não se reconciliarem e demonstrarem sinceramente que estão olhando na mesma direção, e isto a nivel nacional, haverá uma grande e triste probalidade de mais um "racha" de nossa denominação no Brasil, causando mais estragos desde quando o Ministério do Madureira separou-se de nossa Convenção Geral.

Meus amados e respeitados pastores, Samuel Câmara e José W. Bezerra da Costa, que herança espiritual deixarão para o futuro e para as próximas gerações, como lideres nacionais? Unidade ou Separaçao?

Como faço parte da história das Assembleias de Deus,  suplico pelas eternas misericórdias de Deus... acordem, despertem façam alguma coisa, senão esta comemoração dos 100 anos das Assembleias de Deus no Brasil, ficará para sempre como o pior acontecimento da história de nossa querida denominação.

Esperando uma pronta resposta de meus amados pastores, senhores Samuel Câmara e José W. Bezerra da Costa, mui respeitosamente os saúdo com a gloriosa Paz do Senhor Jesus Cristo.

 Atenciosamente,

São Lourenço, 10 de Junho de 2011

Vosso conservo em Cristo - pr. Antonio Romero Filho

  • Blogger Comentários
  • Facebook Comentários

2 comentários :

Item Reviewed: Carta aberta ao pastor Samuel Câmara e ao pastor José W. Bezerra da Costa Rating: 5 Reviewed By: Pr. Antonio Romero Filho