728x90 AdSpace

Recentes

O Ganso, o Cisne e os Lobos

Jan Huss foi um pensador e reformador religioso nascido em 1369. Ele foi um precursor do movimento protestante. Jan Huss iniciou um movimento religioso baseado nas ideias de John Wycliffe (outro reformador religioso, inglês).

Em 1403, Jan Huss se propôs a reformar a Igreja Romana na Boêmia, ensinando que o papado não tinha nenhuma autoridade de oferecer a remissão dos pecados através da venda de indulgências. Ele era totalmente contra ao que a igreja católica da época pregava (que as pessoas eram salvas pelas suas obras), e isso trouxe problemas ao catolicismo.

Assim, Jan Huss foi excomungado de Roma e obrigado a deixar Praga, mas ele não parou por aí. Continuou a pregar seu ponto de vista, mas a igreja católica não perdoou tais rebeliões (eles não aceitavam que alguém discordasse de seus ensinamentos). Jan Huss foi julgado como herege (blasfemador) pelos católicos e foi queimado vivo pela inquisição da igreja católica Romana.

Mas, quero frisar algo muito interessante. No momento em que era queimado vivo, em 1415, Jan Huss disse:

“Vocês hoje queimam o ganso [Huss, na língua boêmia, significa ganso], mas daqui a cem anos Deus levantará um cisne o qual não podereis queimar”

E, 102 anos depois, em 1517, essa profecia se cumpriu quando Lutero (o cisne) inicia oficialmente a Reforma Protestante, que, através de 95 teses, protestou contra diversos pontos da doutrina da igreja católica. Lutero ensinava que a salvação não se consegue apenas com boas ações, mas de um livre presente de Deus, recebida apenas pela graça através da fé em Jesus como um redentor do pecado.

Lutero foi apoiado por muitos governantes e religiosos europeus, o que provocou uma revolução religiosa, ou Reforma Protestante (como aprendemos na escola). Foi ai então, que se originou o protestantismo e o mais importante: Lutero, Calvino e outros defendiam as Escrituras Sagradas como única regra de fé e prática para todos os cristãos.

Havia, porém, um problema: como o povo poderia ler e interpretar as Escrituras se elas estavam acessíveis quase que somente em latim ou em suas línguas originais? Foi então que um esforço enorme pela tradução da Bíblia foi feito. Neste período, inúmeras traduções surgiram.

Lutero mesmo traduziu as Escrituras para o alemão. A sua tradução foi tão importante para o povo do seu país que estudiosos têm considerado Lutero como o pai da língua alemã. Um primo de Calvino traduziu a Bíblia para o Francês.

A famosa versão King James foi produzida na Inglaterra, o sínodo de Dort, na Holanda, promoveu a tradução para o holandês. Meio século mais tarde, mas ainda como fruto da Reforma, João Ferreira de Almeida traduziu a Bíblia para a língua Portuguesa. Desde então, centenas de línguas têm recebido o texto sagrado.

Então, a profecia do homem de Deus, "o ganso" cumpriu-se, e, por isso, Graças a Deus que hoje temos acesso as sagradas escrituras! Deus levantou um cisne, que lutou pela obra do Senhor, assim como tantos outros homens de Deus.

Devemos muito a esses homens não é? Devemos agradecer a Deus por isso! Como Jan Huss, outros homens e mulheres morreram para que hoje o evangelho pudesse ser pregado, para que pudéssemos conhecer a verdade.

(Mas aí perguntamos: o que os evangélicos atuais têm feito com as verdades bíblicas? Poderíamos chamá-lo de cisnes, gansos ou lobos?)

Fonte: Assem-bereia-de Deus
  • Blogger Comentários
  • Facebook Comentários

0 comentários :

Item Reviewed: O Ganso, o Cisne e os Lobos Rating: 5 Reviewed By: Pr. Antonio Romero Filho