728x90 AdSpace

Recentes

Os missionários Morávios

OS MORÁVIOS

O PERÍODO DAS INTENSAS TREVAS

No século 15 os católicos dominavam o cenário religioso na maior parte das nações marítimas e os protestantes não tinham uma força missionária preparada como as ordens monásticas católicas-romanas.

Outro fator que limitava a visão missionária dos protestantes era a teologia deles. Martinho Lutero tinha tanta certeza da volta eminente de Cristo que negligenciou a necessidade de missões estrangeiras. Ele justificou ainda mais sua posição afirmando que a Grande Comissão só se aplicava aos Apóstolos do Novo Testamento, isentando dessa responsabilidade as gerações sucessivas.

Outro problema eram os Calvinistas que acrescentando a doutrina da eleição faziam as missões parecerem inúteis se Deus já escolhera aqueles a quem iria salvar. O próprio Calvino assim mesmo, entre os reformadores era o mais voltado para às missões, quando encarregou quatros missionários, juntamente com vários huguenotes franceses, de estabelecer uma colônia e evangelizar o índios no Brasil, obra esta, que terminou num fracasso.

Nos séculos 16 e 17, aconteceram outras tentativas e outros esforços missionários protestantes não tiveram nenhum sucesso e em 1661 o americano  George Fox nomeou três de seus irmãos como missionários para a China, mas o grupo jamais chegou a seu destino. Mais tarde o primeiro missionário luterano Justiano Von Weltz, viajou para o Suriname, ao lado do Brasil, onde perdeu a vida num esforço mal sucedido para estabelecer ali uma missão. Quando parecia que as forças das trevas haviam eliminado todo espírito missionário, com fracassos e derrotas, Deus levanta os irmãos Morávios que estimulados pelo indomável Conde Zinzendorf, levou a sério a Grande Comissão.




O CAMINHO PARA A GRANDE ERA DAS MISSÕES MODERNAS

Durante o século 18, apenas os morávios fundaram postos missionários, nas ilhas Virgens (1732), Groelândia (1733),  América do Norte (1734), Lapônia e América do Sul (1735), África do Sul (1736) e Labrador (1771). Seu objetivo supremo era espalhar o Evangelho até os confins da Terra.

Um dos fatores que levou as missões morávias crescerem e se espalharem, foi o fato de que todos os missionários tinham que sustentar-se sozinhos. O moravianismo era um movimento  surgido dentre a classe de artesão e parecia natural que os missionários levassem com eles sua profissão ao viajarem para o Exterior, assim desempenhavam suas tarefas fazendo tendas como o Apóstolo S. Paulo. Além disso investiam o dinheiro poupado nas missões e suas necessidades.


O lema dos morávios foi: TODO CRISTÃO É UM MISSIONÁRIO E DEVE TESTEMUNHAR ATRAVÉS DE SUA VIDA DIÁRIA".

Se o exemplo dos morávios tivesse sido estudado, mais cuidadosamente, é possível que o homem de negócios, pudesse ter retido seu lugar de honra na missão cristã, além do pregador, professor e médico, e hoje, a filosofia missionária seria bem diferente, pois Atos 1.8 diz claramente que todos somos "testemunhas" dessa tão grande salvação que deveria ser compartilhada a todo mundo, através de todos o crentes salvos em Cristo.

Os morávios aceitaram o desafio de abandonar tudo pela causa do Evangelho. A única motivação deles era o amor sacrificial de Cristo pelo mundo, e foi essa a mensagem que levaram até os confins da terra, mas o que estamos vendo atualmente é o contrário, muitos estão abandonando o Evangelho por causa de "tudo", e de novo a história de repete porque estamos voltando ao tempo da mornidão missionária, o período "Laodicéia": "Rico estou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta (e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu), (Ap 3.17).

Clamemos por um novo despertar missionário, por missões genuínas, por missionários que aceitem o desafio mundial, pelas igrejas desobedientes ao Ide Imperativo do Rei Jesus, pelo milhões que estão sendo investidos em tudo menos em missões. Urgente ! necessitamos de uma nova aurora das missões evangélicas em nosso país.

Que  Senhor Jesus tenha misericórdia e nos ajude pois o tempo está findando e há ainda "muita terra para ser conquistada".







  • Blogger Comentários
  • Facebook Comentários

1 comentários :

Item Reviewed: Os missionários Morávios Rating: 5 Reviewed By: Pr. Antonio Romero Filho